[Crítica] Uncharted 4:A Thief’s End

28402

Bem meus amigos CASTigados! Hoje vou falar de uma outra forma de entretenimento. O jogo digital! Uma das maiores maravilhas do mundo moderno, que vai além dos filmes, onde você é quem comanda a parada, são as suas atitudes! Eu sou fanático por jogos desde o meu primeiro computador em 1992, quando passava horas jogando Commander Keen, Alone in the Dark, Prince of Percia, mais tarde Doom e assim vai. Hoje em dia, a indústria dos jogos movimenta muito mais grana que a do cinema. É por esse e outros motivos que quero comentar sobre o último jogo da franquia Uncharted.

Uncharted 4 foi produzido pela Naughty Dog, mesma produtora de The Last of Us, que na minha opinião, é o melhor jogo de todos os tempos, lançado pela Sony Playstation e dirigido por Brunce Straley e Neil Druckmann, o jogo é exclusivo para PlayStation 4 e conta mais uma estória de Nathan Drake, que é um explorador e ladrao, muito parecido com Indiana Jones, que precisa ajudar o seu irmão Sam a encontrar o tesouro do pirata Henry Avery. Drake já o tinha tentado encontrar no passado, mas nunca chegou a qualquer conclusão, e assim é forçado a entrar de novo no mundo dos ladrões, com promessa de aventuras e a oportunidade de ajudar Sam.

O roteiro é bastante legal e a dinâmica entre os personagens é bem interessante, não tanto quando a interação e a química que existe em The Last of Us, mas a estória flui bem, sem com muitos alívios cômicos cometidos por Drake, o jogo é muito divertido e faz você soltar risadas muitas vezes.

A jogabilidade é fácil e bem desenvolvida, faz com que você não tenha nenhuma problema em saltar alguns metros de distância e agarrar em alguma parede. Contamos agora com a ajuda de uma corda que pode ser utilizada para escalar e se pendurar em vários lugares e com  o avanço da tecnologia de processamento de dados, podemos balançar realisticamente fazendo impulso para longos saltos. É bastante útil e divertido.

A parte visual é extremamente maravilhosa! Os gráficos estão fluindo super bem! O jogo é realmente feito a mão. Cada textura reage fielmente de acordo com o material, ou seja, os shaders são bem complexos e desenvolvidos. Não existe NENHUM serrilhado nas imagens, o antialiasing funciona muito bem, texturas de alta qualidade, as animações (cut scenes) sao extraordinários. Eu nunca vi um jogo tão bonito! Me pego muitas vezes observando o visual das paisagens e esquecendo de jogar. Impressionante!

Resumindo: O jogo é lindo visualmente e mecanicamente, tem um ótimo roteiro com muitas aventuras e risadas, um verdadeiro Indiana Jones.

 

Nota 10

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s